Caiu a última barreira para a utilização da câmera de smartphones: o uso profissional. Mais do que nunca, inspiração e reflexo se sobrepõem aos recursos técnicos para captação de imagens. Com equipamentos simples e um bom enquadramento, é possível realizar um excelente trabalho. Quem prova isso é o fotojornalista Dan Chung, do jornal britânico The Guardian, que faz a cobertura das Olimpíadas em seu país com um iPhone 4s e nada mais. O 4S vem equipado com uma câmera de 8 megapixels e permite que Chung realize aquilo que tem em mente. Suas fotos podem ser vistas no blog: http://www.guardian.co.uk/profile/danchung

Semi-final fem. 200 m costas (Dan Chung)

Para melhorar o alcance da câmera, o iPhone de Chung conta com alguns acessórios, como as lentes Schneider e os binóculos Canon, acopladas à lente do aparelho. No trabalho de edição de imagens, ele usa apenas um aplicativo chamado Snapseed. O principal, porém, é o senso de oportunidade para flagrar os grandes momentos olímpicos e a discrição e a praticidade de trabalhar levando apenas um smartphone nas mãos. Chung é um fotógrafo experiente, que esteve no Iraque, em 2003, fotografando a guerra com equipamentos convencionais, e também participou da cobertura dos efeitos do tsunami na Indonésia, em 2004. É um sujeito que entende do batente e sabe perfeitamente o que está fazendo. O resultado de seus cliques mostra que menos é mais. Dá para fazer fotos realmente profissionais só com um iPhone. (VV e DR)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: