A conferência anual de desenvolvedores de aplicativos do Google, realizada em São Francisco nesta semana, foi uma exibição de novas máquinas e engenhocas futuristas. Apoiada no seu sistema operacional Android, a empresa começou a mostrar toda sua ambição no mercado de hardwares.

 

A força de sua marca está sendo  transferida para mais tablets, smartphones e hardwares inovadores e sem similar no mercado, como os óculos de realidade aumentada e o Nexus Q, uma esfera de streaming e compartilhamento de mídia, principalmente de música, que chega ao mercado em breve por US$ 300.

Nexus Q: esfera de streaming

Na lista dos novos gadgets do Google entram também o Nexus 7, um tablet de sete polegadas e 340 gramas que roda Android 4.1 (apelidado de Jelly Bean, jujuba em português) e tem entre seus principais atrativos o preço de US$ 199 para a versão de 8 GB, e os óculos de realidade aumentada (Google Glass). O Nexus 7 chega à loja Google Play no Reino Unido, Canadá, Austrália e Estados Unidos em julho para concorrer com o iPad e, principalmente, com o Kindle Fire. No lugar da Samsung, que produziu os dois últimos smartphones da linha Nexus, o Google preferiu, dessa vez, escolher a taiwanesa Asus como fornecedor.

Project glass: realidade aumentada

O Google Glass, que também roda Android, será equipado com câmera de vídeo e fotos, microfone, alto falantes, um processador poderoso e memória. O protótipo apresentado em São Francisco vem com conexão à internet. O produto começou a ser vendido sob encomenda para os participantes da conferência por US$ 1,5 mil e será entregue em 2013.

Google Nexus 7: 8GB e 199 dólares

O avanço do Google no mercado de hardwares só deve crescer nos próximos tempos. Com a compra da Motorola Mobility, concluída em maio deste ano, por US$ 12,5 bilhões, a empresa tomará as rédeas do desenvolvimento de aparelhos e aumentará a oferta de smartphones inovadores, de fabricação própria, equipados com seu sistema operacional Android. A Motorola já é uma tradicional parceira do Android e utiliza o sistema operacional em tablets e smartphones como o Xoom e o Atrix. Sua aquisição garantiu ao Google o acesso a mais de 17 mil patentes já aprovadas, além de outras 7,5 mil que aguardam aprovação. (VV e DR)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: